Rachel – No Balanço de uma Rede

O Teatro Celina Queiroz recebe, no dia 9 de fevereiro, a peça teatral ‘Rachel – No Balanço de uma Rede’.

Com entrada franca, o espetáculo é realizado pela Academia Cearense de Letras Jurídicas (ACLJUR) com apoio da Fundação Edson Queiroz e do Instituto dos Advogados do Ceará (IAC).

Com texto de Caio Benevides e direção de Jadeilson Feitosa, a peça homenageia a escritora Rachel de Queiroz, com foco nas barreiras que a cearense transpôs em sua trajetória de vida, abordando também suas posturas e conquistas inseridas no contexto literário, social e político do Brasil e do mundo.

Valdetário Andrade Monteiro, ex-aluno da Universidade de Fortaleza e presidente da ACLJUR, ressalta a importância da trajetória de Rachel de Queiroz. “Ela foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, em 1977, com todas as dificuldades da época, com todo o preconceito que havia em relação às mulheres escritoras e ajudou muito para que as novas gerações ao longo do tempo pudessem se firmar na literatura, no teatro, na tradução de grandes obras”, afirma.

O show também cita pessoas que fizeram parte da vida de Rachel de Queiroz, como as personalidades Carmem Miranda, Chico Buarque, Roberto Carlos, Graça Aranha e os ex-presidentes Castelo Branco e Getúlio Vargas. A montagem do espetáculo fica por conta da Blitz Intervenções, empresa especializada em apresentações artísticas.

Elenco

Ana Vitória Almeida
Gabriela Bustamante
Gabriella Ribeiro
Helder Martins
Isabelle Diocleciano
João Lucas Vieira
Juliana Maia
Leonardo de Sá
Letícia Gois
Luana Martins
Mariana Bertini
Natasha Maciel

Ficha Técnica

Texto – Caio Benevides
Direção – Jadeilson Feitosa
Figurino – Dami Cruz
Iluminação – Fábio Oliveira
Cenário – Isabelle Diocleciano
Trilha Sonora – Fellipe Revuelta
Produção Artística – Blitz Intervenções
Realização – ACLJUR
Apoio – Instituto dos Advogados e Fundação Edson Queiroz

Serviço

Rachel – No Balanço de uma Rede
Data: 9 de fevereiro
Horário: 18h
Local: Teatro Celina Queiroz
Entrada gratuita

Fonte: https://www.unifor.br/teatro-celina-queiroz/em-cartaz#tabs